Buscar
  • Fernanda Braga

Há espaço para saúde mental no ambiente de trabalho???

Há espaço para saúde mental no ambiente de trabalho!!!

2020 sem dúvida está sendo o ano de rever muitos conceitos, dentre eles, um de grande destaque, talvez o carro chefe das pautas institucionais tenha sido a queridinha do momento: a saúde mental. Durante muito tempo os problemas e transtornos mentais foram vistos com algo pejorativo, que denotava fraqueza, coisa de gente louca, coisa de gente que não tem o que fazer... Porém, quanto mais as pessoas negaram olhar para as questões introspectivas, mais elas sacrificaram seus conteúdos internos e então as desordens emocionais começaram a se tornar uma ameaça para o ambiente organizacional.

Em recente reportagem da revista Você RH, há uma previsão de que até 2030 seis trilhões de dólares serão gastos com doenças psíquicas, e que no momento, as organizações aceleraram o processo do cuidado psicológico dos funcionários, pois, aproximadamente sete em cada dez brasileiros sentem medo acima do normal e os índices de afastamento do trabalho sobem assustadoramente no cenário corporativo. Diante disso, a pergunta do título desse texto transforma-se facilmente em afirmativa, pois é um momento que remete a fragilidade e vulnerabilidade para ambos lados: empregador e funcionário. Então estrategicamente as empresas passaram a implementar conceitos de bem estar e cuidado mental, pois há a percepção que cuidar é mais lucrativo do que substituir ou até mesmo perder talentos.

Saúde mental vem ganhando espaço no contexto social como um todo e não poderia ser diferente no contexto organizacional, afinal ali estão concentrados os responsáveis pela produtividade nas organizações e isso nos faz inevitavelmente concluir que a hora da mudança chegou, e essa mudança compreende olhar para pessoa como ser integrado, em suas várias facetas profissionais e também pessoais.

O mercado já sabe que funcionários saudáveis e motivados geram mais lucros, o mercado tem aprendido que preocupar-se com as questões mentais dentro do ambiente empresarial gera sensação de segurança e consequentemente provoca engajamento coletivo. Importar-se com a saúde mental dentro do ambiente de trabalho é estabelecer uma confiança que ultrapassa as palavras de um contrato, é importar-se, é demonstrar que as trocas importam e que a empatia acontece efetivamente. E você como você tem encarado as questões de saúde mental? Se sente mentalmente saudável?

Por aqui continuamos entendendo que a saúde mental é tão importante quanto a saúde física, e mais do que nunca precisa ser valorizada. Vamos juntos pensar em soluções que provoquem melhorias para atingir o bem estar físico, mental e emocional.

Vem ser ParaleMente!

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo