Buscar
  • Fernanda Braga

Porque Investir em Saúde Mental e Emocional no Ambiente de Trabalho

Não apenas por estarmos em meio a uma crise de pandemia, mas também por isso, temos olhado muito de perto para as questões emocionais, afinal, diferente do que se costumava pensar antigamente, não é fácil e nem há necessidade de esconder os problemas de ordem mental e emocional. Sabemos que as resistências e o preconceito ainda existem, mas vivemos uma fase em que há maior humanização e empatia com relação a esse contexto, tanto é evidente, que cada vez mais, esse tema chega no campo dos Recursos Humanos, e nem sempre o profissional que recebe a demanda encontra estruturas para lidar com essa situação.

A consultoria de saúde mental e emocional dentro das organizações tem o papel de auxiliar na condução desse processo, que é ajudar na recomposição de desordens mentais e emocionais que afetam a vida pessoal do colaborador e consequentemente a qualidade produtiva, e muitas vezes, a empresa mergulhada em rotinas e processos de ordem técnica, não alcança resultados efetivos para esses desafios. Sabiamente José Saramago citou: “é preciso sair da ilha para ver a ilha...” ou seja, quando estamos mergulhados na situação problemática e já acostumados com a “ilha” pode ocorrer maior dificuldade para encontrar caminhos de auxílio.

Quando a pauta desafiadora se instala no contexto organizacional, é bom ter o olhar aberto e buscar programas de desenvolvimento humano assertivos, hoje existem tantas ferramentas que podem auxiliar, mas não esqueça de dar importância para escolha de profissionais especializados no suporte dessas demandas. Atualmente pode ser comum a presença de diversos transtornos em diversas faixas etárias, mas nem por isso deixam de ser graves. Sendo assim, é imprescindível que o trabalho a ser realizado ocorra por organizações ou pessoas qualificadas, que tenham respaldo científico e propriedade para conduzir a circunstância que se propôs. É esperado que a postura ética, sincera e acolhedora faça parte do pacote profissional, assim como a escuta ativa e imparcial para identificação correta dos pontos de melhoria e resolutivos.

Se dentro do da sua área de atuação, percebe que sua empresa precisa de ajuda para situações diversas que envolvam pontos voltados para questões psicológicas, não deixe de consultar especialistas da área. Nós somos uma das empresas que prestam consultoria para que possamos cada vez mais pensar e agir com educação emocional.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo