Buscar
  • Fernanda Braga

Relação entre Comunicação e Saúde Mental no ambiente de trabalho.

Diálogo, interação, conversa, discussão, contato, acordo, troca de ideias, e tantos outros sinônimos podemos usar para definir o que é comunicação, mas o que isso tem a ver ou no que isso poderia implicar em contextos relacionados a saúde mental? Tudo! E te explicamos. Saúde Mental é a expressão utilizada para descrever os níveis em que se encontra nossa cognição, nosso psicológico, nosso emocional, por exemplo, quando uma pessoa é diagnosticada com depressão, significa que o corpo dela pode estar em perfeito funcionamento, mas a mente não, dessa forma, sua saúde mental encontra-se debilitada naquele momento. Portanto, no tema acima citado, a intenção é identificar a relação entre esses dois conteúdos: comunicação e saúde mental no contexto organizacional.

Somo seres de relações, com isso a comunicação se torna a base de praticamente todas nossas atividades, em tudo o que fazemos existe um por que e a intenção quase sempre está voltada para nos fazer ser compreendidos, e no ambiente de trabalho isso é bastante explícito. Já sabemos o quanto a falta de comunicação ou a geração de comunicação violenta e inadequada pode trazer problemas para qualquer instituição, assim como sabemos que a emissão quando bem empregada gera frutos incríveis, e dentre as questões positivas, estamos falando também sobre o bem estar do colaborador e o quanto é profícuo sentir que o ambiente é permeado por ações de comunicação assertiva.

Atualmente há níveis significativos que indicam aumento de transtornos mentais decorrentes de práticas associadas ao trabalho, como ansiedade generalizada, estresse, esgotamento profissional, burnout, presenteísmo, absenteísmo, dentre outros, o que indica que precisamos repensar as formas de se comportar no trabalho, isso mostra também o motivo das empresas estarem investindo cada vez mais em conceitos de saúde mental. Tratar essas questões deixou de ser um convite e tornou-se uma necessidade, tamanha recorrência de afastamentos, atestados e faltas.

Nosso convite hoje é para que possamos pensar em questões de ampliação da habilidade de se comunicar, investir em exposição de ideias, estratégias, acordos, busca de possíveis soluções com base no respeito, da maneira mais clara e empática possível, olhando os vários ângulos que envolve a situação. Com a geração de comunicação, possivelmente a contribuição para diversos problemas que envolve o ambiente profissional podem ser amenizados e até sanados, inclusive melhor elaboração de problemas que podem estar totalmente ligados a futuros transtornos mentais. Pensar em condições de desmotivação, insatisfação, sensação de desvalor, ruídos, fofocas, e outros tantos mais, que são fatores que podem vir a desencadear sensações desconfortáveis que ao longo do tempo podem vir a se tornar um distúrbio.

Invista em comunicação através de diálogos construtivos, pois é uma forma de formar e transformar atitudes, isso engaja e abre caminhos para elucidação de muitos problemas. E caso sua empresa apresente dificuldades ou tenha o desejo de ampliar esse conceito, faça um contato e entenda como podemos te ajudar em aprimorar a intercomunicação de sua equipe. Para nós da Paralelamente, a comunicação é um dos caminhos essenciais para a evolução e sucesso profissional.

Venha se comunicar om a gente!

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo